domingo, 12 de maio de 2013

Fortaleça os seus peitorais com supino inclinado


Supino inclinado com halteres fixos 

Execução
1. Na posição sentada em um banco inclinado, comece com os halteres fixos no nível do tórax, com as palmas das mãos voltadas para a frente.
2. Impulsione os halteres verticalmente, até que ocorra bloqueio dos cotovelos.
3. Abaixe os halteres retornando à parte superior do tórax.

Músculos envolvidos 
Primário: Peitoral maior superior.
Secundários: Deltóide anterior, tríceps.


Efeito anatómico

Trajetória: O ângulo de inclinação determina a trajetória. Com a elevação do encosto do assento e aumento da inclinação, o enfoque se desloca progressivamente para partes mais elevadas do músculo peitoral. O peitoral superior será mobilizado com mais eficiência em uma inclinação de 30 a 45° do encosto do banco em relação ao chão. Inclinações mais intensas, de 600 ou mais, fazem com que o enfoque recaia no deltóide anterior.

Pegada: A orientação dos halteres afeta a posição das mãos. A pegada pronada dos halteres (palmas das mãos voltadas para a frente) permite maior alongamento enquanto o peso é baixado até a posição inicial. Uma pegada neutra (palmas voltadas para dentro) gera melhor contração na posição de bloqueio dos cotovelos.

Amplitude de movimento: Para maximizar o trabalho dos peitorais, "abra" bastante os cotovelos durante o movimento de abaixar os halteres e faça com que os dois halteres se toquem na parte superior do exercício. Uma repetição mais curta, em que o exercício termina imediatamente antes da extensão total dos cotovelos, mantém a tensão nos peitorais. Quanto mais baixo descerem os halteres, maior será o alongamento do músculo peitoral. Mas um abaixamento excessivo dos halteres poderá causar lesão no ombro; é mais seguro terminar a descida quando os halteres chegarem no nível do tórax.


A corposflex só vende suplementos desportivos de marcas registadas com certificados de qualidade e provas dadas. Por isso, garantimos a 100% qualidade em todos os nossos suplementos alimentares.

Sem comentários:

Enviar um comentário